Página inicial
GrupoGrupoAtendimentos
Objetivos
Eixos Temáticos
Justificativas
Marco Teórico e Premissas
Membros
Coordenação
Bibliografia recomendada
Fale conosco
Galeria de Fotos


Videos


Clique e assista o vídeo

  
 

PRÁTICAS COMPLEMENTARES E ENFERMAGEM

As Práticas Alternativas ou Complementares (PAC) podem ser definidas como as práticas que assistem à saúde do indivíduo, de forma preventiva ou curativa, considerando este como um conjunto mente/corpo/espírito e não apenas uma soma de partes isoladas.


Em todo o mundo vem aumentando o interesse pelo uso das Práticas Complementares. Este interesse deve-se a fatores como: a busca de afinidades pelo uso de produtos naturais; o alto preço da assistência médica privada, junto ao custo elevado dos medicamentos; a precariedade da assistência pública de saúde em geral; e os resultados destas práticas que, vem se mostrando cada vez mais eficazes.


A Enfermagem está legalmente respaldada para trabalhar com Práticas Alternativas ou Complementares, o que está registrado na Resolução 290 de 2004 do COFEN - Conselho Federal de Enfermagem -, que estabelece e reconhece as PAC como especialidade e/ou qualificação do Profissional de Enfermagem. Em São Paulo, é apoiada juntamente com a lei municipal 13.717.


Anvisa orienta população sobre riscos com chás: