Detalhes da Monografia


Autor(a): Ano:
Talita Pavarini Borges 2010
Co-autor 1: Co-autor 2:
Maria Julia Paes da Silva
Título: Title:
APLICAÇÃO DA MASSAGEM PARA LOMBALGIA OCUPACIONAL EM FUNCIONÁRIOS DE ENFERMAGEM APPLICATION OF MASSAGE FOR LOW BACK PAIN IN NURSING STAFF
Resumo:
Trata-se de um estudo de campo, cego e ensaio clínico do tipo Antes e Depois, que objetivou verificar qual a efetividade da massagem para diminuir a lombalgia ocupacional, assim como verificar a influência da técnica no desempenho das atividades laborais e de vida. Foi realizado na Unidade de Lesado Medular do Instituto de Ortopedia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, após aprovação do Comitê de Ética do HCFMUSP (CAPPEsq Nº 0237/10). Dezoito funcionários receberam 8 sessões de massagem pós plantão, com período de 30 minutos cada atendimento. Participaram funcionários dos três turnos divididos em 15 Auxiliares de Enfermagem e 3 Enfermeiros, os quais foram acompanhados em três momentos na aplicação dos questionários Escala Numérica de Dor, Questionário de Avaliação Funcional de Oswestry e Escala de Avaliação do Risco na Movimentação e Transferência. Na avaliação inicial da Escala Numérica encontrou-se um predomínio de dor moderada, com 55,5% da amostra. Na segunda avaliação predominou dor leve. Foi realizado o teste Kolmogorov-Smirnov e apenas a terceira avaliação de dor teve p<0,05, resultado que demonstra que apenas 1 das 18 pessoas terminou as sessões com dor. No teste de Wilcoxon observou-se diferença estatisticamente significante entre a terceira e primeira sessão, assim como entre a terceira e segunda. Houve também diferença significativa no teste de Spearman entre tempo de lombalgia e a segunda avaliação da intensidade da dor. Com a aplicação do Questionário de Avaliação Funcional de Oswestry a equipe estudada demonstrou incapacidade mínima nos três momentos. A Escala de Avaliação do Risco na Movimentação e Transferência teve 18 pontos de média demonstrando risco médio de se desenvolver lombalgia ocupacional. Conclui-se que o protocolo elaborado para diminuição da lombalgia ocupacional tem-se mostrado eficaz e que a amostra estudada apresenta uma incapacidade mínima e um médio risco no desenvolvimento de lombalgia.
Summary:
This is a field study, blind and clinical trial of Before and After kind, which aimed to verify the effectiveness of massage for occupational low back pain as well as to assess the influence of technique in performing work activities and lifestyles. It was performed at the Unidade de Lesado Medular do Instituto de Ortopedia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, after approval by the Ethics Committee of HCFMUSP (Cappesq No. 0237/10). Eighteen employees received 8 sessions of massage after work, with 30 minutes each attendance. It was included workers of three shifts of the institution, divided into 15 Nursing Assistants and 3 Nurses, who were followed by three times with the questionnaires applying: Numerical Pain Scale, Oswestry Disability Index and Risk Assessment in Handling and Transfer Scale. It was found a predominance of moderate pain in the initial evaluation of the Numerical Pain Scale, with 55.5% of the sample. It predominated mild pain in the second evaluation. It was performed the Kolmogorov-Smirnov test and only the third assessment of pain was p<0.05, a result which shows that only 1 of 18 people completed the sessions with pain. It was observed a statistically significant difference between the first and third session in the Wilcoxon test, as well as between the second and third. There was also a significant difference between LBP and the second pain intensity evaluation in the Spearman test. The sample showed minimal disability in three stages with the implementation of the Oswestry Disability Index. The Risk Assessment in Movement and Transfer Scale had 18 points on average, showing moderate risk of developing occupational low back pain. This concludes that the protocol designed to reduce occupational low back pain showed effectiveness, and the sample analyzed has a minimum disability and a moderate risk of developing low back pain.
Palavra-chave: Keywords:
Lombalgia, Massagem, Terapias Complementaers Low Back Pain, Massage, Complementary Therapies


voltar     topo